Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Clínica pública dá tratamento a dependente químico

clinicapublica

De cabelos alinhados e unhas bem-feitas, Fernanda(*), 29 anos, fala animada e com desenvoltura sobre seus planos para o futuro: cursar Administração, morar com a mãe, praticar natação, pintar quadros e atuar como voluntária numa escola pública. Suas metas também incluem largar as drogas, definitivamente, frequentar o grupo de Narcóticos Anônimos (NA) e o Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Após um ano de adaptação social, pretende procurar emprego.

Fernanda consumiu cocaína todos os dias durante 14 anos e crack por seis meses. “Estou limpa há 36 dias”, comemorou a jovem no final de setembro. Internada desde agosto na Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas (Uniad) de São Bernardo do Campo, Grande São Paulo, ela ocupa um dos 28 leitos de internação da primeira clínica pública do Brasil, criada com filosofia diferenciada para atender especialmente aos dependentes químicos.

Resultado de parceria da Secretaria da Saúde com o Grupo Bandeirantes e a Uniad, vinculada à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a clínica começou a funcionar no final de março e já recebeu mais de uma centena de pacientes diagnosticados com grave intoxicação. A unidade da Unifesp já existia, mas ganhou nova estrutura de atendimento após o convênio com o Estado.

A psiquiatra Alessandra Diehl, diretora clínica da unidade, informa que a reclusão só é recomendada quando o dependente químico não consegue manter a abstinência pelo tratamento ambulatorial ou internação domiciliar (em casa, com o apoio da família). Quando essas alternativas são ineficazes, o médico aconselha a internação, desde que seja a vontade do paciente. “Aqui não é pronto-socorro. Recebemos pessoas com mais de 18 anos e só por indicação médica”, informa a diretora Alessandra.

O tratamento gratuito é oferecido a partir do encaminhamento de pronto-socorro, Unidade Básica de Saúde (UBS), serviço ambulatorial, enfermaria psiquiátrica de hospital geral ou Centro de Atenção Psicossocial (Caps), unidade de saúde da rede municipal. O paciente recebe assistência multidisciplinar com terapeuta ocupacional, nutricionista, educador físico, psiquiatra, psicólogo, conselheiro em dependência química, enfermeiro, assistente social e outros. O custo diário da assistência chega a R$ 100 por paciente.

Desde o primeiro dia de internação, Fernanda segue intensa rotina organizada por equipe multiprofissional. Ela e os demais internos despertam às seis da manhã e vão para a cama por volta de 23 horas. A programação diária inclui atividades em grupo de educação física (nas áreas verde e interna), enfermagem, terapia ocupacional, assistência social, palestra de conselheiros dos Alcoólicos Anônimos (AA) e Narcóticos Anônimos (NA).

Para as mulheres e para homens

Há grupo feminino de discussões. A psiquiatra Alessandra diz que elas sentem vergonha, são marginalizadas pela sociedade e demoram mais que os homens a procurar o tratamento: “A interna tem menos apoio familiar que o homem. Nem sempre o companheiro vem visitá-la. Geralmente é separada ou a relação está desgastada”. No futuro, a diretora pretende reformar outros 30 leitos da clínica e ampliar o atendimento às mulheres.

A médica observa que entre os homens a situação é oposta: a esposa frequenta a clínica regularmente. Para o sexo masculino, os profissionais de saúde abordam trabalho, família, perdas: “Eles lamentam terem ingerido álcool a vida toda porque atingiram certa idade e não construíram nada, se tornaram impotentes sexuais e ainda dependem da família. O apoio familiar é fundamental para a continuidade do tratamento após a alta”. Por isso, uma vez por semana os parentes participam de discussão em grupo. “Certa vez, os pais fizeram festa para comemorar a alta do paciente. Por um triz a pessoa não voltou a beber. Mostramos que os mais próximos também precisam responsabilizar-se pela abstinência”, alerta a psiquiatra.

A participação dos parentes é expressiva, afirma a psicóloga Juliana Marinho. Informa que só há ausência em casos de desestruturação ou dificuldade financeira. Para reforçar a importância do apoio desses membros, a diretora da clínica planeja firmar parceria com instituição especializada em orientação de familiares de dependentes. “Pela primeira vez o serviço público oferece internação com equipe multidisciplinar e os 12 passos baseados no AA e NA para auxiliar o tratamento de dependentes químicos”, diz a psicóloga. Conselheiros terapêuticos das duas instituições são contratados para bate-papo diário com os internos, que auxilia a recuperação dos dependentes.

Kauã(*) é um dos conselheiros do NA. Está longe da bebida e da droga há cerca de nove anos: “Passo a experiência de como é gostoso viver limpo”. Kauã ensina que o paciente tem doença incurável, independentemente do uso da droga. Por isso, precisa estar sempre de bem com a vida para evitar recaída.

No decorrer do tratamento, o paciente ganha fichas de cores branca e laranja, que indicam ingresso no NA e afastamento das drogas por 30 dias. “Recuperei a autoestima e a dignidade. Aqui, o atendimento nem se compara ao de uma clínica particular, de R$ 3 mil por mês, onde fiquei internada e tive recaída”, frisa a jovem paciente. “Em breve, após a alta, o desafio será lá fora. Alta clínica não quer dizer sucesso no tratamento”, ressalta a psiquiatra. 

A pintura em tela na terapia ocupacional é uma das atividades de que Karla(*) mais gosta. “Fugi das drogas, mas me tornei dependente de álcool há tantos anos que nem me lembro quando comecei. Só sei que de dois anos para cá piorei. Era estoquista de álcool”, recorda. Ela está internada há mais de um mês e diz que aprendeu a valorizar a vida e lamenta ter ignorado o papel de mãe, pois as crises frequentes a distanciaram do filho de 9 anos. Para o futuro, planeja ser boa irmã, cuidar do garoto e trabalhar com o ex-marido.

Durante as aulas, a terapeuta ocupacional Marina Rodrigues estimula a ampliação das habilidades. Os internos rompem a dificuldade inicial de expressão, soltam a criatividade e produzem mosaico, decoupagem, pintura em tela. Uma das motivações para a abstinência é o esforço de largar o vício “só por hoje”, como ensina um dos 12 passos do AA e NA.  A expectativa é de que a meta diária se estenda até o fim da vida.

Abstinência

Em média, o dependente fica internado de um mês a 45 dias, de acordo com o caso pode estender-se por mais tempo. Segundo Alessandra, cada pessoa recebe atenção e cuidado individualizados “num ambiente livre de preconceitos. Recebemos médico, morador de rua, homossexual, transexual. Priorizamos o respeito, independentemente de sexo e posição social”. Em geral, os 15 primeiros dias da internação é o período mais crítico da desintoxicação. O dependente de álcool pode sentir tremor, náusea, vômito, suor intenso, febre, insônia e até alucinação auditiva e visual. Oscilação de humor, irritabilidade, ansiedade e insônia são as principais queixas do usuário de drogas em abstinência. Sem contar a fissura pelo produto químico.

De acordo com a pesquisa, 41% dos internados estão desempregados e 55% deles são solteiros; 30% concluíram o ensino médio e 7%, o ensino superior. Em relação à renda familiar, 29% ganham entre dois e três salários mínimos e 21%, mais que cinco salários mínimos. A idade média dos pacientes é 34 anos. As principais consequências entre os dependentes químicos são o transtorno afetivo bipolar, os transtornos de personalidade, a depressão recorrente, a esquizofrenia, obsessão pelo jogo, o transtorno de déficit de atenção e a hiperatividade

Dependentes usam vários entorpecentes

Quase metade dos pacientes (48%) atendidos na Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas (Uniad) de São Bernardo do Campo é dependente de mais de uma substância. As mais comuns são cocaína, crack, maconha, álcool e cigarro. Esta é a constatação de pesquisa realizada com pessoas tratadas ou em atendimento na primeira clínica pública de dependência química do País.

“A predominância de usuários de múltiplas substâncias se deve também ao fácil acesso. O perfil destes pacientes é extremamente marcado pela impulsividade e compulsão das mais diversas (sexo, jogos, compras). São os chamados dependentes cruzados, onde cada droga entra num contexto de aliviar o estado causado pela outra, como, por exemplo, excitação e calmaria”, afirma a psiquiatra Alessandra.

Quase 40% deles têm grau de dependência grave de álcool e 30%, leve. Em 38% dos casos, a unidade registra problemas relacionados ao uso de drogas em nível severo. Apenas 2% são atribuídos como nível leve. Do total de usuários atendidos, 75% têm alta clínica e apenas 3% abandonam o tratamento. Nos seis meses de funcionamento, houve a reinternação de apenas quatro pacientes.

Jovens seguem exemplo da família

Metade dos adolescentes que consome bebidas alcoólicas demasiadamente tem pai ou mãe que também ingere álcool com frequência, aponta pesquisa do Centro de Referência em Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod). O levantamento baseia-se nos atendimentos da unidade, realizados entre 2002 e 2009, com 512 pacientes entre 12 e 17 anos, que apresentaram sintomas preocupantes quanto ao uso de bebida alcoólica. Do total de pessoas ouvidas, 86% são do sexo masculino. Desses, 256 afirmaram ter parentes que também fazem uso abusivo de álcool.

Para 4,36% dos entrevistados, o álcool é a droga mais consumida. Entre aqueles que apontaram o álcool como droga principal, 22% começaram a beber aos 13 anos e 15%, aos 11. “O alcoolismo é uma doença que demora a ser diagnosticada. Não é um vício que se consolida rapidamente. Jovens que começam a beber precocemente preocupam porque com o passar dos anos esse hábito pode transformar-se em vício. Iniciar o vício com pouca idade ocasiona sérios danos à saúde”, afirma o psicólogo Wagner Abril Souto, autor da pesquisa e coordenador do programa de adolescentes do Cratod.

Serviço

Uniad recebe relatório médico de caso grave de intoxicação somente pelo FAX (11) 4353-5437. Paciente sujeito à triagem

Cratod oferece tratamento gratuito para dependentes de álcool, tabaco e outras drogas. Fica na Rua Prates, 165 – Bom Retiro

(*) Nomes fictícios

 

(Da Agência Imprensa Oficial)

76 Comentários para Clínica pública dá tratamento a dependente químico

  1. joão nunes de oliveira

    25/10/2009 em 15:40

    por favor me ajudem a salvar meu casamento porque esta destruido pelas as bebidads do meu marido e eu não sei mais o que fazer pois sou pobre e não tenho condições de pagar uma clinica meu mail é vilmaadvoliveira@hotmail .com obrigado desde já

  2. elzasouza

    27/10/2009 em 19:39

    Eu gostaria de saber de todos as clinicas do estado de SP que estao totalmente
    legalizadas perante o tratamento de dependentes quimicos,pois estou muito preocupada com tantas denuncias de irregularidades .O assunto é muito sério devido o crescimento de tantas pessoas que estao se perdendo .Pois o meu marido esta internado numa destas clinicas do estado de SP .Me preocupo com ele e com os demais dependentes e as suas familias que estao pagando como eu ,pois sera que estamos na clinica certa ?

  3. stefania

    29/10/2009 em 10:41

    boa tarde …
    preciso urgente saber de alguma clinica para dependetes quimicos publica … pois não tenho como pagar …

  4. Lucicleide Pereira Peixoto

    03/11/2009 em 18:28

    Tenho um irmão dependente de álcool , já de todas as maneiras ajudá-lo mas até agora foi praticamente em vão. Ele não aceita ajuda e não admite que precisa , oque torna mais difícil . Oque possofazer?

  5. Denise

    04/11/2009 em 10:44

    Olá, meu marido está com dependencia em crak e maconha , eu não estou aguentando mais me ajudem………

  6. lucyia de sousa garcia

    07/11/2009 em 21:29

    Gostaria de saber se um internode uma clinica estando ele ainda a tratamento e correto ele ajudar a equipe da clinica a fazer resgate involutario sendo que ele ainda não obtive alta para ajudar outros.
    Acredito que até deva fazer um bem para ele pois ele vê como e o outro lado que ele esteve um dia mais acredito pela minha preocupação e a exposição a lugares onde poderá ter uma recaida, ou mesmo um problema futuro com a justiça sendo que a casa não faz o resgate da maneira que manda a lei.
    O meu filho está bem acredito eu mais o teste final será aqui fora.
    Estou preocupada porque as regras são muito duras para os parentes não poder vêr, só uma vez ao mês, ligações uma vez por semana, e para saber detalhes dele tem que pedir pelo amor de Deus ,pcsicologos , psiquatria , e pscoterapeutas. Então estou como prisioneira contado os dias.Mais eu acredito que os esforços serão validos.
    Tbem. preciso ajudar ele a continuar o tratamento aqui fora porque já apredi sempre em recuperação vçs. podem me dar um apoio onde achar médicos especialistas neste tratamento.e se possivél uma pessoa que tem essa doença pode ficar afastado do inss recebendo auxilio beneficio existe lei para isto.Ele foi negado 2duas vezes sendo que está afastado da empresa, ele e funcionario clt
    Grata
    lucys.

  7. Sandra

    09/11/2009 em 14:10

    preciso urgente saber de alguma clinica para dependetes quimicos publica … pois não tenho como pagar uma dessas para meu filho …moro em São Paulo Capital. Me ajudem pelo amor de DEUS.

  8. Loana

    10/11/2009 em 13:20

    Por favor,gostaria de saber uma clínica pública,para que eu possa internar meu irmão,ele tem21 anos e desde os 15 tem problemas com drogas.Ele já foi internado 1 vez a 2 anos atrás e retornou ao vício.O problema é que com isso aflorou também um problema neurológico nele.Do qual ele parece que é outra pessoa anda nú nas ruas e paresse que as vezes não reconhece as pessoas.Ele mora com minha avó que já tem 80 anos e não tem condições de pagar uma clínica,minha mãe não temos contato,e meu pai é falecido também por problemas com drogas.Por favor me ajudem.Obrigada.

  9. Jose Ribeiro Aran

    19/11/2009 em 18:46

    Peço encarecidamente nos ajudem. Eu e minha esposa estamos aflitos com o filho dela, jovem de 16 anos que entrou para as drogas. Precisamos tirá-lo dessa vida mas está difícil dele dar ouvidos. Quando ele sai, vê os “amigos”, e aí, pronto. Sabemos das terríveis consequências para toda a família e não apenas para o dependente. Soubemos somente agora da Clínica do Estado. Como é que podemos, ou o que podemos fazer para que tenhamos êxito nessa nossa súplica. Por favor, por Deus, ele é um menino muito bom, evangélico, músico da igreja, mas caiu em tentação e precisa ser recuperado. Ajudem-nos, em nome de Jesus.

  10. adriana alves de recife

    27/11/2009 em 22:25

    meu nome e adriana , tenho um irmão que é dependentes químicos somos de uma família que ganha um salário mínimo, não temos condicão de pagar um enternamento para ele ele esta pedindo ajuda mais aqui no nosso estado , não esta tendo triagem , eu pesso pelo amor de deus que vcs salvem o meu irmão . ele nunca pediu uma ajuda nunca!! ele ja roubou minha mae varias vezes ja perdeu o emprego dele, perdeu a mulher , so nus faltam uma coiza perdelo ele e iosso nos não queremos ele essa semana por calsa de um cigarro que ele pediu a um compassa dele teve uma descurcão e deram muito nele, e agora ele pede ajuda e a gente não podemos fazer nada, so pedir ajuda mesmo, e eu confio em deus primeira mente e a vocês que ele vai ser chamado e confio que deus vai colocar uma péssoa em nossas vidas, e vai nus ajudar a minha mae tem 68 anos de idade , e muito doente !! socorroooooooooo!!! pelo amor de deus eu não estou aguentando mais nus ajudem eu não estou pedindo dinheiro não é so um enternamento, socorro!!! socorro !! isso que eu estou desabafando e em nome da minha mae gente!!! ela não esta surportando mais tou vendo a hora dela falecer , de tanta angustia socorram pelo amor de deus , eu sei que existe uma pessoa que vai ler isso desde já eu fico muito feliz de desabafá e crendo que voces vai nos ajudar d que deus abençeoi……

  11. Edson Fonseca

    02/12/2009 em 14:03

    Meu comentário é o seguinte, sou dependente quimíco, de uma familia maravilhosa, preciso de ajuda médica e psicológica, não tenho condições de buscar uma internação em uma clinica particular, mesmo porque acho que apesar de ser um seríssimo problema meu, não é da minha familia, é meu e do estado por não darem a importância digna, qual o passo a ser dado a quem procurar o que fazer ?

  12. rosa maria

    04/12/2009 em 18:50

    tenho um amigo dependente de crack como ajuda-lo, a mãe dele sofre tanto. Por favor me ajudem

  13. gisele beraldo

    08/12/2009 em 11:03

    ola gostaria de saber se vcs tem como me ajudar a encontrar uma clinica de dependentes quimicos publica pois estou com meu filho vomitando sangue e não sei oque fazer me ajudem por favor

  14. katia cilene

    11/12/2009 em 23:49

    oi gostaria de ajuda preciso encontra uma casa de recuperaçao para menores que seja gratuita so posso ajuda com 50 reais por mes pois nao posso pag mais que isto mais queria uma casa de recuperaçao onde ele vai comigo e fica internado ele falo que so aceit o tratament se nao tive que vout pra casa se chega la ele ti que vout ele vai morre de tant usar drog ja tent se mat nao conseguiu por que tirei a faca da mao dele ele usa maconha e lanç perfum e bafor e agora deu de peg o dinher do meu aluguel pra pod usar mi ajudem queria saber se tem algum clina aqui pert onde moro moro em sp capital zona leste esper uma resposta e se vcs encontra oq qui eu preciso leva e oq fazer grata mae desesperad

  15. katia cilene

    11/12/2009 em 23:49

    O seu comentário está aguardando moderação.

    11/12/2009 às 23:49oi gostaria de ajuda preciso encontra uma casa de recuperaçao para menores que seja gratuita so posso ajuda com 50 reais por mes pois nao posso pag mais que isto mais queria uma casa de recuperaçao onde ele vai comigo e fica internado ele falo que so aceit o tratament se nao tive que vout pra casa se chega la ele ti que vout ele vai morre de tant usar drog ja tent se mat nao conseguiu por que tirei a faca da mao dele ele usa maconha e lanç perfum e bafor e agora deu de peg o dinher do meu aluguel pra pod usar mi ajudem queria saber se tem algum clina aqui pert onde moro moro em sp capital zona leste esper uma resposta e se vcs encontra oq qui eu preciso leva e oq fazer grata mae desesperad

  16. honorina ferreira evangelista

    16/12/2009 em 21:35

    preciso,urgente internar meu filho,nao tenho condiçoes de pagar,uma clinicade reabilitação.ele esta ficando,muito agressivo,preciso de ajuda.tenho 77anos de idade,ja não aguento mais,as agressoes do meu,filho.posso,dar uma cesta basica,por mes.

  17. Lúcia Helena

    19/12/2009 em 23:13

    Gostaria de saber onde posso ter uma clínica públca de tratamento para dependente químico aqui em Recife ou em cidade próxima.

  18. vania

    09/01/2010 em 22:38

    Oi estou desesperada meu filho esta viciado e se misturou com uns traficantes e agora eles estão querendo matar ele e a minha familia estou desesperada não tenho condições de pagar um pois andei me enformando e todas querem de 600 reais pra cima …. pelo amor de deus me ajude tenho até segunda feira pra resolver isso pois os bandidos estão percigindo ele e não sei o que fazer.
    Muito Obrigada aguardo uma resposta mais rapido que vocês podur Vânia

  19. adriana maria ribeiro da cruz

    22/01/2010 em 11:47

    gente vamos nos unir,afinal estamos no mesmo barco,se vcs souberem de alguma clínica de internação me avisem meu telefone é 88028069 ou 20595361 e eu também avisarei vcs.

  20. vanda maria da silva

    23/01/2010 em 22:40

    Gostaria de saber se existe alguma clinica gratuita no interior de são paulo, na região de Botucatu e Bauru pois tenho um irmão com sérios problemas de drogas.

  21. regina preira de souza

    25/01/2010 em 20:11

    gostaria muito de poder fazer alguma coisa para ajudar meu ex marido a sair do alcolismo,ele é dependente mas nâo admite e nega reçeber ajuda gostaria de reçeber orientações e imformações de como conseguir uma clínica séria e gratuita pq eu não tenho condições e nem a familhia dele para pagar o tratamento
    Por favor pesso ajuda urgente por que o caso dele já está agravando

  22. clerisse moraes pereira oliveira

    28/01/2010 em 01:37

    POR FAVOR EU LHES PEÇO COM MUITO RESPEITO AJUDA PARA UM MORADOR DE RUA.
    EU E UMA PEQUENA EQUIPE FAZEMOS UM TRABALHO AOS SABADOS NA PRAÇA DA SÉ E NO PARQUE DOM PEDRO COM MORADORES DE RUA,E TEM AQUELES QUE IMPLORA PARA SAIR DAQUELA VIDA MAIS NÃO TEMOS CONDIÇÕES PARA ISSO,ENTÃO EU GOSTARIA QUE ME ENDICASSE PELOMENOS UM LUGAR QUE TENHA UMA VAGA AÕ MENOS, E QUE SEJA DE GRAÇA,NÃO PRECISA SER NESTA CLINICA DE VOCÊS MAIS ME ENDICA ALGUMA POFAVOR.,FICAREI MUITO GRATA A VOCÊS.
    AGUARDO RESPOSTA COM CARINHO.
    UM ABRAÇO.

  23. GERALDA

    01/03/2010 em 17:10

    por favor presciso de ajuda para minha sobrinha que e dependente quimico por favor me ajuden

  24. Miriam da Silva Reis

    02/03/2010 em 22:31

    Queridos , Boa Noite .
    Preciso da vossa ajuda tenho uma amiga que precisa de tratamento médico para libertar -se das drogas , ela é usuária de Cocaina há 7 anos e pediu a minha ajuda para conseguir uma Clínica para ela enternar- se pois ela não consegue parar sozinha e está no seu limite.
    Ela precisa de um tratamento gratuito pois não tem renda para custear o tratamento.
    Desde já agradeço a atenção e aguardo um retorno no meu email.

  25. lucia fatima sergio leite

    05/03/2010 em 00:16

    Boa noite eu sou uma mãe desesperada prescisando de ajuda para o meu filho que é viciado em drogas ele ja esta até me roubando a mim e meus visinhos eu não tenho condição de pagar nem uma clinica eu pesso ajuda pelo o amor de Deus me ajudfem com urgencia quase mataram ele agora a noite na frente da minha filha de 11 anos ela vive com medo doque possa acontecer com ele e com nos desde ja fico grata pela sua atenção e que Deus te abençoe.

  26. anezia

    23/03/2010 em 13:54

    porfavor presiso urgente de uma clinca para minha prima
    ela esta sofrendo muito tenhe uma criança de 12 com poblema
    e ela nao se da mais conta disto apanha muito dos outros imaos
    porfavor tenha piedade aguda ela aumenos por o filinho agradeço des de
    muito obrigado

  27. vanessa

    02/04/2010 em 00:56

    estou casada ha 7 anos e ha uns quatro anos meu marido esta usando drogas de todos os tipos ja nao sei mais o que fazer tenho dois filhos filhos e estou gravida de tres meses uma gestaçao de risco e ainda fico muito nevosa porque nao sei onde ele fica a noite toda todos oss dias preciso de ajuda urgente mas nao tenho condiçoes de pagar moro na capital de sao paulo zona leste por favor me de um retorno obrigado

  28. Marcia

    07/04/2010 em 11:39

    Bom Dia, Gostaria de saber onde posso ter uma clínica públca de tratamento para dependente químico aqui em Recife. Aguardo resposta, sou uma mãe que precisa ajudar um filho, não temos condições de pagar uma clinica.
    Grato

  29. Thais

    11/04/2010 em 14:39

    ooi
    eu queria saber se quando o dependente quimico, trabalha e ele é internaado
    ele vai continua a receber o salariio?
    e outraa tem alguma clinica publica no RS?
    Vlew!

  30. SAMARA

    11/04/2010 em 21:20

    POR FAVOR ESTOU PRECISANDO DE AJUDA MEU CASAMENTO ESTA ACABANDO POR CAUSA DO ALCOOL MEU MARIDO ESTA BEBENDO MUITO NAO CONSEGUE TRABALHAR, JA ESTA DESEMPREGADO A UM ANO E MEIO, ESTOU PRECISANDO COLOCAR ELE EM ALGUMA CLINA MAIS NAO TENHO CONDIÇOES FINANCEIRAS.
    POR FAVOR MANDE-ME UMA RESPOSTA.
    OBRIGADA ANTECIPADAMENTE.

  31. SAMARA

    11/04/2010 em 21:33

    POR FAVOR ESTOU PRECISANDO DE AJUDA MEU CASAMENTO ESTA ACABANDO POR CAUSA DO ALCCOL, MEU MARIDO E DEPENDENTE DE ALCOOL ESTA DESEMPREGADO A UM ANO E MEIO, PRECISO COLOCAR ELE EM ALGUMA CLINICA MAIS NAO TENHOS CONDIÇOES FINANCEIRAS PARA ESSE TIPO DE SERVIÇO.
    POR FAVOR MANDE-ME RESPOSTA.
    OBRIGADA ANTECIPADAMENTE

  32. TANIA BORTOLOTO

    14/04/2010 em 14:53

    OLÁ,SOU UMA MÃE DESESPERADA,POIS MEU FILHOSE ENVOLVEU COM PESSOAS DE MÁ ÍNDOLE,PASSANDO A SER USUÁRIO DE MACONHA E COCAÍNA,ELE CHEGOU AO PONTO DE ME IMPLORAR POR UM TRATAMENTO,POIS NÃO SUPORTA MAIS VIVER FEITO MENDIGO,DORMINDO PELAS RUAS DE PERIFERIA,ELE VIVE APANHANDO DA POLÍCIA,PORQUE É ABORDADO COM DROGAS,ENTÃO A POLÍCIA TORTURA PRA VALER,E TAMBÉM É TORTURADO PELOS TRAFICANTES PELO FATO DE DÍVIDAS DE DROGAS,NÃO TENHO MAIS O QUE VENDER PRA PAGAR DÍVIDA DELE,ESTOU DESEMPREGADA,NÃO TENHO COMO CUSTEAR UM TRATAMENTO,MEU FILHO ESTÁ AMEAÇADO DE MORTE PELOS TRAFICANTES,E PERSEGUIDO PELA POLÍCIA,PELO AMOR DE DEUS,ALGUÉM ME AJUDE A SALVAR A VIDA DO MEU FILHO,ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS,TUDO O QUE ELE QUER É UMA CHANCE DE SAIR DESSA VIDA,POR TSSO ESTOU IMPLORANDO AJUDA.OBRIGADA,DEUS VOS ABENÇOE!!!!!!!!

  33. joelma maria da silva

    19/04/2010 em 17:39

    eu precisso emediatamente deixa de beber por favor ajudeme morro no bairro de afagados recife pernabuco e ater assito um enternamento se preciso for.

  34. kleber

    26/04/2010 em 11:55

    Pelo amor de Deus, gostaria de saber se há ,alguem que pode nos ajudar, meu irmão de 19 anos é dependente de drogas e precisa de ajuda, ouvi falar de uma clinica para tratamento gratuito em São Paulo mas nunca consigo o endereço ou telefone para contato espero que vcs possam ajudar desde ja agradeço.

  35. Marinete

    13/05/2010 em 18:00

    Há muito tempo tenho visto meu filho Alesxandre sofrer com drogas, ´nós já até tentamos tratamento aqui na minha cidade mas ele não consegue se manter durante a abstinencia, já tomou alguns remédios indicados por médicos do Caps Bauru e não adianta, ele não consegue se manter no tratamento, pelo amor de Deus estou precisando muito de ajuda, ele não tem pai presente e sou sozinha, ainda cuido da minha mãe que ja tem uma certa idade atualmente sou empregada doméstica e o que ganho não dá pra pagar uma clinica – Por favor me dêem um retorno não quero perder meu filho. Quando ele esta bem ele aceita até ser internado. “Preciso de ajuda”

  36. Telma

    23/05/2010 em 21:55

    gostaria de saber de algumas clinicas de depedente quinicos, pois tenho uma amiga com tres filhos. que esta precisado muito. por favo preciso deça informação.

  37. gidasio

    07/06/2010 em 10:29

    tenho 36 anos e preciso de ajuda porque quero ser feliz e fazer minha familha tenho 3 filhos e uma esposa maravilhosa que nao aguenta mais por isso estol pedindo a ajuda pelo amor de deus a quem estiver desposto a ajudar uma pessoa que nao sabe mas o que fazer so penço em suicio mas acredito muito que deus vai manda um anjo da guarda para me ajudar eque deus abençoe quem estiver lendo o meu depoimento .

  38. Cláudia

    11/06/2010 em 08:58

    Preciso de ajuda para recuperar minha sogra de dependência do álcool.

  39. janice h de souza

    14/06/2010 em 09:09

    eu sou uma mae que perdi as esperanças luto com meu filho de 37 anos ha 22 anos tentando tiralo das drogas ele ja me bateu ja me roubou ja perdeu a esposa e os dois filhos eu ja fiz de tudo ja enternei ele abadanou o tratamento eu morava em jf mg nao aquentado mais eu abadonei pois me sinto doente e sem forças para lutar hoje ele e mendigo e cada vez mais usando crak mais nao consigo viver em paz ele e meu filho e eu o amo muito se alquem poder me de uma orientaçao

  40. roberto luiz nunes de almeida

    26/06/2010 em 11:51

    pelo amor de deus se nao me ajudarem vo me matar de alguma forma preciso me livrar desse vicio maldito

  41. roberto luiz nunes de almeida

    26/06/2010 em 11:53

    socorro socorrro socorro nem que seja hospital piciquiatrico me ajudem

  42. tania maria de siqueira

    06/07/2010 em 16:29

    Preciso de ajuda meu filho vive jogado nas ruas por causa do alcoolismo. Eu não tenho condições de pagar o tratamento. gostaria que me ajudassem
    vivo no rio e ele em limoeiro recife. preciro interna meu filho.
    obrigado. tel contato 21 26033122 com marisa

  43. Sirley

    06/07/2010 em 20:02

    Meu nome é Sirley minha mãe de 64 anos esta com depressão muito forte e junto com essa situação ela beber ,não sei o que fazer,ela pensar em morrer e estou presizando muito de ajudar por favor me ajudem ,não tenho condições para pagar consultar com terapias .Por favor me ajudem pelo amor de Deus.Obrigada

  44. lucimara

    09/07/2010 em 13:59

    por favor me ajudem meu irmão é viciado ele quer mudar sair dessa vida mais ninguem ajuda faz dois anos q tento arrumar uma internação pra ele gratuita pra ele mas ta dificil me ajudem pelo amor de Deus.

  45. Maísa Bonifacio Lima

    21/07/2010 em 19:46

    Boa noite, gostaria de saber como enternar meu filho, dependencia química, ele quer. Sou professora Escola públiuca, obrigada,abraços

  46. Maísa Bonifacio Lima

    21/07/2010 em 19:47

    Boa Noite, gostaria de saber como posso internar meu filho, dependencia química, obrigada.

  47. Sandro Marcelo

    21/07/2010 em 21:58

    meu filho está se acabando e acabando com nossa familia por causa do uso do crack e do alcool,pesso ajuda urgente obrigado

  48. ELIANE

    23/07/2010 em 17:30

    MEU IRMÃO É VICIADO EM CRAK,NÃO PODEMOS PAGAR UMA CLINICA,QUERIA SA BER A CLINICA MAIS PROXIMO DO DF OU ENTORNO,PRECISAMOS DE AJUDA URGENTE…

  49. silvana

    27/07/2010 em 10:26

    ola preciso de ajuda nao sabemos mais oque fazer meu irmão e depedente quimico desde os 15 anos hoje tem 27anos e agora esta usando crak e ja foi irtenado 3 vezes nao sei mais oque fazer me ajudem pelo amor de Deus, por favor .aguardo resposta

  50. tatiane C

    27/07/2010 em 20:51

    Tatiane
    Olá preciso saber onde encontra uma clinica gratuita pois não tenho condiçõesde paga uma .
    Meus pais e meu irmão de 18 anos são usuarios de drogas gostaria de ajuda-los pois ele também que ajuda como posso ajudalos e onde por favor me ajuder. Obrigada aguardo sua resposta fique com Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>